novembro 24, 2020
---------------------------------------------------

Resident Evil: Demonstração do Village Leak Mentions para PS4, data de lançamento

Resident Evil: Village será aparentemente um lançamento de geração cruzada, apesar da Capcom comercializar repetidamente o jogo para plataformas de próxima geração.

Após um ataque de ransomware à Capcom, algumas semanas atrás, dados internos que foram roubados agora começaram a aparecer online. Isso inclui alguns slides que mencionam Resident Evil: Village em desenvolvimento para PlayStation 4.

O vazamento sugere ainda que ambas as versões PS4 e PS5 do jogo receberão uma demo jogável pelo menos três semanas antes do lançamento. A Capcom só deu a Resident Evil: Village uma janela de lançamento na primavera de 2021. O vazamento reduz essa janela para o final de abril de 2021.

Deve-se notar, entretanto, que mesmo com a janela de lançamento da primavera de 2021, a Capcom foi amplamente divulgada para decidir uma data de lançamento final com base no impacto do COVID-19 no desenvolvimento.

pic.twitter.com/WEbPrkXbFw

– / PPG / (@pokeprotos) 16 de novembro de 2020

Resident Evil: Village sendo um lançamento de geração cruzada não deveria ser surpreendente. A Capcom confirmou isso quando o produtor Tsuyoshi Kanda sugeriu durante a Tokyo Game Show alguns meses atrás que o desenvolvedor está “pensando em entregar a experiência no PlayStation 4 e no Xbox One também.” A ausência de qualquer confirmação flagrante da versão PS4 pode ser possivelmente porque a Capcom ainda está fazendo otimizações de última geração.

Resident Evil: Village fará 4K dinâmico no PS5 com o ray tracing habilitado, pelo menos de acordo com uma lista atualizada recentemente. A nova parcela da franquia de terror, portanto, não oferecerá saída 4K nativa. Resta saber se o jogo irá produzir gráficos nativos de 4K no Xbox Series X com ray tracing habilitado.

Além disso, Resident Evil: Village suportará o novo feedback tátil DualSense e gatilhos adaptáveis ​​no PS5. A Capcom ainda precisa mostrar esses recursos em ação, mas os jogadores foram provocados a esperar a “sensação de disparar uma arma de verdade”.